sábado, 25 de outubro de 2014

TRE determina Lei Seca de 6h às 18h no segundo turno da eleição no RN

22/10/2014 17h43 - Atualizado em 22/10/2014 18h51

Estabelecimentos estão proibidos de vender bebidas alcoólicas em todo RN.

Portaria também é assinada pela Corregedoria e Procuradoria Regional.

Do G1 RN
Lei obriga exibição de fotos de acidentes em rótulos de bebidas alcoólicas, em Goiânia, Goiás (Foto: Luísa Gomes/G1)Lei Seca irá vigorar no domingo de eleições no RN
(Foto: Luísa Gomes/G1)
O Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte determinou a suspensão da venda de bebidas alcoólicas em locais públicos entre 6h e 18h do próximo domingo (26).

A portaria é assinada pelo presidente do TRE-RN, desembargador Virgílio Macêdo Júnior, e por membros da Corregedoria e Produradoria Regional Eleitoral.

Na publicação, o TRE-RN considera que "o voto consciente deve prevalecer em prol do fortalecimento do processo democrático, que não se coaduna com a ingestão, ainda que moderada, de bebidas alcoólicas, sabidamente capaz de afetar a capacidade de discernimento do ser humano".

De acordo com o tribunal, a medida restritiva de venda e consumo de bebidas alcoólicas tem mostrado eficácia esperada para a boa ordem do processo eleitoral nos pleitos anteriores no sentido de reduzir o número de ocorrências formalizadas e distúrbios nos locais de votação.

A medida vale para bares, restaurantes, supermercados e outros estabelecimentos similares em todo o Rio Grande do Norte.





Dilma e Aécio respondem a indecisos e mantêm acusações no debate final

25/10/2014 01h00 - Atualizado em 25/10/2014 01h35

Confronto na TV Globo foi o último antes do segundo turno da eleição.

Eleitores indecisos participaram, fazendo perguntas aos presidenciáveis.

Do G1, em Brasília
Os presidenciáveis Dilma Rousseff (PT) e Aécio Neves (PSDB) participaram na noite desta sexta-feira (24) na TV Globo do último debate antes do segundo turno da eleição. Além das perguntas entre si, os candidatos responderam a questões do dia a dia formuladas por eleitores indecisos. Nas respostas, ambos mantiveram a troca de acusações e ironias de outros debates. O G1acompanhou o debate em tempo real e o transmitiu ao vivo.
(Veja a íntegra do debate no vídeo acima e, bloco a bloco, ao final desta reportagem.)
O debate começou às 22h08 e durou uma hora e 50 minutos. Terminou pouco antes da meia-noite, horário limite permitido pela Lei Eleitoral.
Foram quatro blocos: o primeiro e o terceiro tiveram perguntas entre os candidatos; no segundo e no quarto, Dilma e Aécio responderam a questões de eleitores indecisos selecionados pelo instituto de pesquisa Ibope, que estavam no auditório e foram escolhidos por sorteio pelo mediador William Bonner. No quarto bloco, os candidatos também fizeram as considerações finais.
Por sorteio, Aécio abriu o primeiro e o terceiro blocos, Dilma, o segundo e o quarto. Nas considerações finais, em ordem também definida por sorteio, Dilma falou primeiro. Veja a íntegra das afirmações de cada um:
Dilma (Foto: Arte/G1)
Aécio - considerações finais (Foto: Arte/G1)

03 SEMAFOROS NO TRÂNSITO FORAM INSTALADOS EM PONTOS CRÍTICOS DE CRUZAMENTOS EM MACAU NESSA 4ª E 5ª FEIRA (22 E 23-10).

                                                  CRUZAMENTO DO RESTAURANTE POPULAR
                                                               RUA SÃO VICENTE 

                                               RUA RUA DR. ABELARDO DE MELO

HALLOWEEN BNB CLUB NO DIA 01-11-14



sexta-feira, 24 de outubro de 2014

Ibope indica Dilma à frente de Aécio pela primeira vez no 2º turno

23/10/2014 às 17h06 (Atualizado em 24/10/2014 às 10h47)

Presidente abre oito pontos de vantagem e soma 49% da preferência. Tucano atinge 41%

Do R7
Pela primeira vez em uma pesquisa eleitoral do segundo turno das Eleições 2014 e a três dias da votação, a candidata à reeleição Dilma Rousseff (PT) aparece à frente do senador Aécio Neves (PSDB) fora da margem de erro na corrida à Presidência.
Pesquisa Ibope divulgada nesta quinta-feira (23) mostra a presidente com 49% das intenções de votos totais e o tucano com 41%. Os votos brancos e nulos totalizam 7% e os eleitores indecisos somam 3%. 
Na última pesquisa Datafolha, divulgada há oito dias, Dilma aparecia com 43% da preferência do eleitorado, enquanto o tucano tinha 45%. Eles estavam tecnicamente empatados dentro da margem de erro, que era de dois pontos percentuais para mais ou para menos.
Considerando apenas os votos válidos, ou seja, sem brancos, nulos e eleitores indecisos, Dilma também está na frente de Aécio: 54% a 46% da preferência. Na pesquisa anterior, Aécio tinha 51% contra 49% da presidente, o que também configurava empate técnico.
Rejeição
O Ibope também perguntou aos eleitores em quem eles não votariam no segundo turno. A rejeição de Aécio Neves é de 42% agora, sete pontos a mais que os 35% anteriores. Já a aversão a Dilma permaneceu nos 36% da semana passada.
O Ibope ouviu 3.010 eleitores, de 203 cidades do País, entre segunda-feira (20) e quarta-feira (22). O levantamento tem margem de erro de dois pontos percentuais, para mais ou para menos, e nível de confiança é de 95%.
Encomendado pela TV Globo e o jornal O Estado de S.Paulo, a pesquisa foi registrada no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) com o número BR-01168/2014.